O que é Obstetrícia?

 

A Obstetrícia é a ciência que estuda a reprodução humana. Investiga a gestação, o parto e o pós-parto nos seus aspectos fisiológicos e patológicos. O termo "obstetrícia" vem da palavra latina "obstetrix", que é derivada do verbo "obstare" (ficar ao lado). Para alguns, seria relativo à "mulher assistindo à parturiente" ou "mulher que presta auxílio". Existem no Brasil três carreiras distintas na Obstetrícia:

Medicina: Para o médico receber o título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia é necessário participar do programa de residência médica com duração de 3 anos. Alternativamente, pode-se prestar concurso promovido pela Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO). Após essa especialização, o médico está apto a realizar toda a assistência à mulher no atendimento ginecológico e obstétrico, inclusive parto cesárea.

Enfermagem: Para o Enfermeiro receber o título de especialista em obstetrícia é necessário realizar curso de especialização em Enfermagem Obstétrica. Ele pode atuar no atendimento ao pré-natal, parto e puerpério de baixo risco, ou seja, casos em que não há complicações. Quando um risco é detectado, a responsabilidade passa a ser do médico.

Obstetrícia: O profissional Obstetriz possui uma atuação bastante semelhante à do enfermeiro especialista em obstetrícia, mas difere dele na formação. Enquanto o enfermeiro precisa ter o diploma em Enfermagem e a especialização em obstetrícia, a formação em Obstetrícia permite que o obstetriz realize a assistência obstétrica sem a necessidade da especialização. A graduação é focada na Obstetrícia, com destaque na promoção da saúde da mulher e na assistência, cuidado da mulher durante a gravidez, o parto e o pós-parto.

 

O Profissional Obstetriz:

O profissional formado pelo curso de Obstetrícia é um profissional diferente de todos os que você conhece. Trata-se de uma formação na área da Enfermagem, que já existiu em nosso país e que agora ressurge como uma nova profissão: OBSTETRIZ, sinônimo de PARTEIRO DIPLOMADA ou PARTEIRO PROFISSIONAL. Nova profissão para o Brasil contemporâneo, pois ela já existiu em nosso país, assim como em vários países da Europa.

O Obstetriz é responsável pelo atendimento das mulheres durante a gestação, o parto e o pós-parto. É esse profissional que acompanha todas as fases do ciclo gravídico-puerperal: realiza o pré-natal, assiste e realiza o parto normal e também cuida da mulher no pós-parto. Um profissional médico é convocado em caso de alto risco ou de complicações. Não pense que isso é apenas uma modernidade, coisa de primeiro mundo; na verdade, o Brasil já teve obstetrizes, antes da epidemia da cesárea, antes do parto ser considerado um evento perigoso, antes desse tipo de formação ser descontinuado. A diferença é que outros países perceberam que a tecnologia é feita para ser usada quando necessária, e que o fisiológico, ou o natural, deve ser mantido e valorizado. Afinal de contas, o parto é um evento NORMAL da vida das mulheres.

A meta dos Obstetrizes é assistir integralmente e de forma humanizada as mulheres, especialmente as que se encontram em fase tão especial de suas vidas: a gravidez. Para esses profissionais, o direito de escolha é da mulher; isso quer dizer que incentivamos a mulher a se apoderar de seu corpo e decidir por si mesma como ela quer conduzir seu trabalho de parto e parto, se quer acompanhantes, se quer parir deitada, sentada, de pé, no hospital, em uma casa de parto ou em casa. Enfim, sabemos bem nossa posição de coadjuvantes do parto, competentes o suficiente para saber como e quando agir se algo não estiver correndo bem com a mãe ou com o bebê.

Marcel Robledo Queiroz - Obstetriz

 
 
Curso de Obstetrícia da Escola de Artes, Ciências e Humanidades, da Universidade de São Paulo
Rua Arlindo Béttio, 1000 - Ermelino Matarazzo, São Paulo, Capital - ver mapa